No Rio Grande do Sul, polícia fecha fábrica de cigarros “paraguaios”

12 de setembro de 2017 | Postado por

Cigarros paraguaios “made in Brasil”.

É, o mundo dá mesmo muitas voltas. E, nessas voltinhas, quantas mudanças. O Paraguai foi (ainda é) um dos paraísos das falsificações, da pirataria até de produtos brasileiros. Mas adivinhe quem está pirateando produtos paraguaios?

Pois é, em Cachoeira do Sul, no Rio Grande do Sul, a polícia fechou uma fábrica clandestina de cigarros… paraguaios.

A fábrica funcionava num pavilhão de 300 metros quadrados, com duas linhas de produção de cigarros. O detalhe: o produto final eram quatro marcas de cigarros do Paraguai.

A polícia encontrou filtros, rótulos e embalagens dessas marcas, além de certificados do Ministério da Fazenda do Paraguai, especificando que os produtos são “cigarrillos de producción nacional”.

A polícia calcula que a fábrica tinha capacidade para produzir até 100 mil maços de cigarros por dia, o que resultaria em uma movimentação diária de pelo menos R$ 200 mil. O faturamento mensal poderia chegar a R$ 15 milhões, o que geraria – se fossem pagos – R$ 10 milhões em impostos.

Os criminosos usavam tabaco brasileiro, insumos produzidos no Brasil e mão-de-obra local. Mas as marcas eram de cigarros do Paraguai, livres dos altos impostos brasileiros, que tornam tão atrativo o contrabando – e até a fabricação de produtos piratas – de cigarros paraguaios.

Fonte: Gaz on line

Últimas do Blog