Comtur teria convencido vice-prefeito sobre bitributação das agências de turismo

12 de setembro de 2017 | Postado por

Oo vice-prefeito de Foz do Iguaçu, Nilton Bobato, saiu de uma reunião, ontem à tarde (11), na sede do Conselho Municipal de Turismo (Comtur), com um documento que o teria convencido de que a alteração da cobrança de ISSQN, proposta pela prefeitura, vai prejudicar as agências de turismo, quando as notas fiscais sobre os pacotes turísticos forem emitidas.

Participaram da reunião, além da diretoria do C0mtur, técnicos do conselho e consultores tributários convidados. O clima dos diálogos foi bem ameno.  Agora, o vice-prefeito deve encaminhar as argumentações do Comtur aos técnicos da Secretaria Municipal da Fazenda para serem analisadas.

Nessa história, vale ressaltar que a elevação, há cerca de dois anos, da alíquota do ISSQN, de 3% para 5%, cobrada dos hotéis da cidade não teve o resultado esperado, segundo fonte consultada pelo Não Viu?. O motivo: aumento de impostos gera mais sonegação.  Resultado: quem paga corretamente sofre mais, quando não quebra. Quem sonega, aguarda o complacente Refis.

Bobato precisa lembrar ao secretário da pasta, Erton Neuhaus, quando entregar o documento do Comtur, que, se ele quer aumentar a arrecadação, precisa aumentar a base de tributação, promovendo aquilo que a Secretaria parece tratar com grande descaso: uma fiscalização competente, ágil e eficiente para punir os sonegadores. Só isso!

Últimas do Blog