Gilmar Piolla “pega no pesado” para divulgar Foz do Iguaçu

22 de setembro de 2017 | Postado por Vinicius Ferreira

Hoje (22), na Espanha, depois de participar do recebimento das chaves da Feira Internacional de Turismo Termal, Saúde e Bem-Estar, a Termatalia, o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla, pegou no pesado (não tão pesado assim), literalmente.

Carregou o que sobrou do material de divulgação de Foz do Iguaçu no evento para levá-lo a Madri. Piolla deverá distribuir essa sobra, e mais o que guardou, entre a Embaixada brasileira, a Casa do Brasil e a Organização Mundial de Turismo (OMT), onde participa de uma reunião, antes de voltar a Foz do Iguaçu.

Amanhã (23), Piolla, com seu material de divulgação, participa da solenidade de entrega ao diretor-geral brasileiro de Itaipu, Luiz Fernando Vianna, da comenda de Cavaleiro da Ordem de Santiago na cidade histórica de Allariz, província de Ourense.

Vianna já fez sete vezes o Caminho de Santiago, um dos requisitos básicos para receber a comenda. A Ordem é um clube exclusivo, com pouco mais de mil integrantes de 25 países. A vice-governadora Cida Borghetti também receberá o título.

Convention Bureau estima que Foz atraiu R$ 50 milhões com eventos neste ano

22 de setembro de 2017 | Postado por Vinicius Ferreira

Foto: PMFI

O Iguassu Convention & Visitors Bureau (ICVB) informa hoje (22) que, de janeiro deste ano até agora, foram realizados 120 convenções e congressos em Foz  do Iguaçu, entre eles, 14 internacionais.

A expectativa do Bureaus é de que mais 40 eventos sejam realizados no município nos próximos três meses.

De acordo com o diretor executivo do ICVB, Basileu Tavares, de janeiro a setembro de 2017, o movimento financeiro gerado pelos participantes desses eventos foi de aproximadamente 50 milhões de reais – estimativa calculada com base na permanência dos visitantes durante o evento, abrangendo gastos com hospedagem, alimentação, transporte local e passeios. “Nos próximos três meses a expectativa é movimentar mais R$ 15 milhões”, adianta.

Com relação ao público dos eventos em 2017, o ICVB informou que cerca de 40 mil pessoas estiveram em Foz do Iguaçu para participar de convenções e congressos.  Para 2018, o ICVB já captou 44 eventos, com previsão de 30 mil participantes e a expectativa de movimentar mais de R$ 50 milhões no setor.

Aplicativo de Secretaria de Segurança do Paraná pode identificar suspeitos pela tatuagem

22 de setembro de 2017 | Postado por Vinicius Ferreira

Foto: Divulgação/ SESP

O aplicativo CAPEGEO da Coordenadoria de Análise e Planejamento Estratégico (Cape), da Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná, foi considerado um dos 20 casos de sucesso no país durante o EU ESRI, maior evento on-line de transformação digital na área de geoprocessamento do Brasil.

Segundo o coordenador da Cape, capitão Rodrigo Perim de Lima, “se ocorre um crime e o suspeito tem uma tatuagem específica, por exemplo, podemos buscar, através do sistema, em quais regiões temos boletins de ocorrência com suspeitos com a característica para ver onde é o provável local de atuação do criminoso”, conclui.

A ferramenta foi produzida pela equipe de analistas do próprio setor. “O sistema permite identificar, de forma mais fácil e rápida, os  pontos de maior indecências de crimes, como também identificar os padrões da dinâmica criminal como por exemplo o dia e hora que mais acontecem, para, a partir daí, poder-se qualificar o planejamento de segurança pública”, explica Perim.

Perim ressaltou que todos os policiais do Estado podem acompanhar as informações, com atraso de apenas um dia. O aplicativo é atualizado diariamente pelo próprio sistema do Boletim de Ocorrências Unificado com o maior número de informações possíveis.

 

Coleta de lixo reciclável ganha logotipo

22 de setembro de 2017 | Postado por Vinicius Ferreira

Leia mais...

Foz do Iguaçu abre as portas para o maior evento de águas termais do mundo

22 de setembro de 2017 | Postado por Vinicius Ferreira

Luiz Fernando Vianna recebeu as chaves do evento acompanhado de Cida Borghetti e de Ricardo Barros. Foto: Juanmi Baquero

No próximo ano, Foz do Iguaçu se tornará o principal destino de águas termais do mundo, com a realização da Termatalia 2018.

Nesta sexta-feira (22), o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Luiz Fernando Leone Vianna, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, a vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o secretário municipal de Turismo, Gilmar Piolla, receberam as chaves da Feira Internacional de Turismo Termal, Saúde e Bem-Estar, a Termatalia.

A passagem simbólica da sede do evento para Foz do Iguaçu ocorreu em Ourense, comunidade autônoma da Galícia, na Espanha, onde está sendo realizada a feira Termatalia 2017.

O evento deve atrair para Foz do Iguaçu mais de três mil profissionais do turismo de 40 países, o que deverá ajudar a posicionar a cidade como referência no termalismo. De acordo com a Organização Mundial do Turismo, esse segmento deve crescer 9% nos próximos cinco anos, o dobro do turismo convencional.

“O turismo termal é muito importante para Foz do Iguaçu, porque ele complementa o turismo convencional e contribui para que os hotéis tenham movimento o ano todo. Mas, além do turismo, temos que pensar também nas propriedades terapêuticas das águas quentes, que temos em muitas partes do Brasil e na região de Foz”, disse o Leone Vianna.

Por R$ 39, quem mora em Foz poderá passar frio neste calorão da primavera

22 de setembro de 2017 | Postado por Vinicius Ferreira

Foto: Letícia Lichacovski

A empresa Loumar Turismo começou a vender os ingressos para quem quiser passar 45 minutos sob um frio congelante no Ice Bar, considerado o maior bar de gelo do mundo. O bar será inaugurado no próximo dia 10 de outubro, no Shopping Catuai Palladium.

Segundo informa o site Click Foz, os ingressos custam R$ 59 e garantem até 45 minutos em temperaturas abaixo de zero grau com algumas bebidas inclusas, outras estarão disponíveis para venda. Moradores de Foz do Iguaçu irão pagar uma tarifa especial de R$ 39. Crianças até 08 não pagam.

 Com 300 metros quadrados, o novo atrativo iguaçuense comportará 60 pessoas por sessão. Para entrar no local, o visitante receberá roupas especiais, como casaco e luvas, pois a temperatura do local chega a cerca de -15ºC.

O local terá assentos, balcão, decoração e copos feitos de gelo, além de neve. Para montar o Ice Bar em Foz do Iguaçu, foram usados cerca de 30 mil quilos de gelo. Os visitantes terão opções de bebidas open bar, cardápio gastronômico e música ao vivo, ao som de DJ.

Maratona de Foz será em “clima de deserto”. Ou quase

22 de setembro de 2017 | Postado por Cláudio Dalla Benetta

Saída de Itaipu, chegada no parque: para a prova total, 42 quilômetros. Ufa!

Atenção, atletas profissionais e amadores que participam da 10ª Maratona Internacional de Foz do Iguaçu. Em primeiro lugar, parabéns pela coragem e pela boa forma.

Em segundo lugar, um alerta: a temperatura no domingo, se a meteorologia não errar, deve chegar a 33 graus. E a umidade do ar pode baixar até apenas 21%. Um pouco melhor que no deserto do Saara, onde varia entre 10% e 15%.

Muita água, hein, pessoal? Como a largada da corrida é bem cedinho, a umidade pela manhã ainda terá níveis saudáveis. Mas, até o encerramento da prova, pode cair bastante.

A maratona terá a participarão três mil atletas, de 21 estados do Brasil e também da Argentina, Paraguai, Quênia, Chile e Tanzânia. Além da prova individual de 42,195 km, haverá a Maratona de Revezamento, feita em dupla, e a prova dos 11,5 km. A saída da maratona é da usina de Itaipu e a chegada de todas as modalidades será no Parque Nacional do Iguaçu.

A primeira largada acontecerá às 6h, no Mirante do Vertedouro, dentro da usina de Itaipu, nesta ordem: Categoria Cadeirante, Elite Feminina, Elite Masculina, Comerciários e Faixa Etária. A prova dos 11,5 km terá largada e chegada no PNI.

O tempo máximo para a conclusão da prova é de seis horas. O início da premiação da Elite Individual está previsto para as 10h30. O patrocínio é da Itaipu Binacional e da Caixa Econômica Federal.

Primavera terá chuva acima da média em outubro, na bacia do Rio Iguaçu

22 de setembro de 2017 | Postado por Cláudio Dalla Benetta

Leia mais...

Flanelinha agredida por juiz recebe indenização e volta à rua

22 de setembro de 2017 | Postado por Cláudio Dalla Benetta

Foto: ABC Color

Ainda com marcas da agressão, a flanelinha agredida por um juiz eleitoral, em Assunção, vai ganhar 3 milhões de guaranis de indenização (R$ 1,800, aproximadamente), e recebeu atendimento médico particular.

O jornal ABC Color disse que a mulher, que se chama Gabriela Larrosa, tem 39 anos e trabalha na rua há cerca de dois meses.

Ela confessou que estava embriagada no momento em que se aproximou do carro do juiz para limpar o vidro. “O senhor disse ‘não’, mas, como sempre insistimos que queremos limpar, eu e meu companheiro fizemos a limpeza do vidro”.

Foi quando o juiz saiu do carro e acabou agredindo a flanelinha, que ele não sabia ser uma mulher. Segundo o juiz, quando ele mandou que a flanelinha fosse trabalhar, ela se aproximou da janela de seu carro, quebrou seus óculos e jogou nele água suja.

O juiz disse também que se arrependeu da agressão.

Segunda ponte: os paraguaios ainda acreditam…

22 de setembro de 2017 | Postado por Cláudio Dalla Benetta

Sonho de verão dos paraguaios.

Aqui em Foz, a gente já é meio vacinada contra promessas. A da construção da segunda ponte, ligando Foz a Presidente Franco, no Paraguai, é uma dessas de que se duvida. Até agora, só falação. E falar, como dizem, até papagaio fala.

Mas no Paraguai acreditaram. E já há muitas queixas na Justiça contra valores de indenização propostos para as famílias que terão de sair da área onde serão executadas as obras viárias de interligação com a ponte. Aliás, as queixas são contra a falta de valores.

Enquanto já foi definido um alto valor para uma das famílias afetadas, para outras 15 o montante não foi estabelecido. A advogada dessas famílias, Nidia Giménez, diz que o descaso é porque são “pessoas muito humildes, a maioria de idade avançada”.

E a ponte? Já tem até autorização ambiental, no lado brasileiro. Mas não há previsão nenhuma no orçamento. Mais uma obra pra ficar apenas em sonhos, principalmente de paraguaios.

Perimetral e parque linear do Boicy, velhos e irrealizáveis sonhos de verão

22 de setembro de 2017 | Postado por Cláudio Dalla Benetta

A Perimetral evitaria o tráfego de caminhões entre Brasil e Argentina pelas avenidas das Cataratas e Paraná.

Parque linear do Rio Boicy, Perimetral Leste. Sonhos de noites de muitos verões em Foz do Iguaçu. E continuarão a ser sonhos.

O parque linear é um projeto fundamental para o meio ambiente de Foz do Iguaçu, com a recuperação do rio municipal mais importante e a criação de equipamentos urbanos que poderão dar nova qualidade de vida para a população. Tem apoio de diversas instituições, mas esbarra na maldita questão da falta de recursos.

Já a Perimetral Leste, além de resolver um dos problemas de trânsito mais graves de Foz, que é a passagem de caminhões indo e vindo da Argentina pelas ruas centrais, também permitiria mudar o Porto Seco lá para perto do portal de entrada da cidade, aliviando a região do viaduto da BR-277 com a Avenida Paraná e até contribuindo para melhorar o tráfego na Ponte da Amizade.

Nenhuma das obras conta com recursos previstos. Municipais, nem pensar – a cidade mal tem dinheiro pra tapar buracos; estaduais, pelo menos para o parque linear, podem ser reivindicados – já o atendimento não é garantido, ainda mais que o Estado já banca hospital, investiu até em pavimentação e – prometeu! – pode construir o viaduto da Avenida Costa e Silva com a 277.

Já o governo federal não tem previsão de recursos para a Perimetral Leste (e muito menos para o parque). A perimetral, para quem não sabe, deve (um dia) ligar o trevo de acesso à Argentina à BR-277, lá no portal de entrada, onde ficaria o Porto Seco, passando por trás do Golf Clube, depois pela estrada dos balneários e, seguindo pelo Arroio Dourado, atingiria o destino final, num trajeto de apenas 14,7 quilômetros.

Sonhos de noites de verão dos últimos dez, 15 ou 20 anos, dependendo do sonhador e de quem vez em quando levanta esses sonhos em promessas de campanha.

Renoir, o esqueleto da Marechal

21 de setembro de 2017 | Postado por Cláudio Dalla Benetta

Leia mais...

Briga entre juiz eleitoral e flanelinha divide redes sociais no Paraguai

21 de setembro de 2017 | Postado por Cláudio Dalla Benetta

O caso de um juiz eleitoral que agrediu uma flanelinha em plena rua de Assunção continua a repercutir fortemente no Paraguai. O incidente foi ontem, 20, pela manhã.

Ao jornal ABC Color, o juiz Pedro Ricardo Arias não negou a agressão, mas disse que apenas reagiu depois que teve o óculos quebrado e a mulher jogou-lhe água suja.

Arias reconhece que errou ao gritar para a flanelinha ir trabalhar, mas que reagiu quando ela se jogou no capô do seu carro e disse que a havia atropelado.

“Eu sou uma pessoa robusta e me defendi. Naquele momento eu não sabia se (a flanelinha) era homem ou mulher”.

Ainda segundo ele, a mulher que o atacou estava drogada. E que, mais tarde, outros flanelinhas também se aproximaram dele para atacá-lo, quando reagiu e também bateu em outra pessoa.

Nas redes sociais paraguaias, houve quem ficasse ao lado do juiz, mas muita gente criticou sua postura, já que, por ser autoridade, deveria “dar o exemplo”, como argumentaram várias pessoas.

Veja o vídeo e tire suas próprias conclusões:

Apesar da CEI de Vitorassi, Foz tem sete das melhores escolas públicas do Brasil que atendem vulneráveis

21 de setembro de 2017 | Postado por Vinicius Ferreira

Dizem que o brasileiro tem memória curta. Este blog não. E reacende a memória para mostrar o desastre que os maus políticos (geralmente eles são ligados aos partidos de esquerda) podem causar, na ânsia de tentar destruir seus opositores, mesmo que isso custe avanços essenciais para uma comunidade.

Vamos à história: no início de 2013, a pedido do então vereador Dilton Vitorassi, foi criada, por incrível que pareça, uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para “investigar os (ótimos) resultados obtidos pelo município na avaliação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, IDEB”.

Isso mesmo, a comissão foi criada para investigar o ótimo desempenho dos alunos, e não o ruim. Pode? Adivinhem quem formou a comissão? Além de Vitorassi, Nilton Bobato e Fernando Duso.

Vejam o detalhe, a abertura da CPI foi aprovada pelos mesmo vereadores que, em sua maioria, foram presos e respondem a processos de corrupção. Maravilha, não?

O que deu o resultado da comissão? Isso não se sabe. O que se sabe é que essa CEI só serviu para tentar desestimular os responsáveis pelo feito inédito na história do município e jogar na lama o trabalho deles, no afã de atingir o ex-prefeito Paulo Mac Donal Ghisi, que, quer queiram ou não, começou a revolução no ensino de Foz

Pois bem, por mais que eles tentaram, não conseguiram esmorecer professores, funcionários e diretores.

Resultado: esta semana, para o vexame de Vitorassi, Bobato, Duso e companhia, sete escolas de Foz do Iguaçu foram incluídas entre as 31 melhores escolas públicas do Brasil que atendem crianças pobres e vulneráveis – aquelas que fazem parte das bandeiras eleitorais dos três.

Além disso, hoje (21), no programa Contraponto da Rádio Cultura, o secretário de Educação de Foz do Iguaçu, Fernando Ferreira Lima, disse que os índices do IDEB registrados nas escolas de Foz vêm melhorando a cada ano.  O que comprova o absurdo que esses vereadores tentaram fazer com a educação na cidade.

O que acontece agora? Esses vereadores continuarão na política ou serão reeleitos para algum cargo? Provavelmente, sim – como é o caso de Bobato. Sabem por quê? Por que grande parte do eleitorado brasileiro tem memória curta. Este blog, felizmente, não!

 

Fozhabita vai contratar comissionados para atender demandas do Ministério Público

21 de setembro de 2017 | Postado por Vinicius Ferreira

A notícia parece estranha, mas foi confirmada pela Prefeitura de Foz do Iguaçu.

O Fozhabita (Instituto de Habitação de Foz do Iguaçu) deve nomear 12 pessoas em cargos comissionados para atender o Ministério Público, por conta dos Termos de Ajuste de Conduta (TAC) assinados pela administração do ex-prefeito Reni Pereira, segundo foi apurado pelo Não Viu?.

O  diretor presidente do instituto, Eduardo Teixeira, afirmou  que não possui  funcionários para executar os termos de ajuste nos prazos determinados pelo Ministério Público.

Segundo foi informado ao Não Viu?, hoje, o instituto não tem funcionários próprios de carreira, possui apenas dois funcionários cedidos pela prefeitura, um diretor administrativo, um diretor presidente e estagiários.

“Porém, tão breve seja possível, será realizado um concurso público para que tais vagas sejam ocupadas por funcionários efetivos”, explica Teixeira. Segundo o Fozhabita, a realização do concurso e a efetivação dos funcionários exigem um prazo mínimo de seis meses, tempo que extrapola os prazos para a execução dos TAC.

 

Empresa de Foz mostra como usar a realidade virtual na educação

21 de setembro de 2017 | Postado por Cláudio Dalla Benetta

Leia mais...

Vereadores, unidos, querem a volta do escritório do Cohapar para Foz

20 de setembro de 2017 | Postado por Vinicius Ferreira

Foto: CMFI

Os quinze vereadores de Foz do Iguaçu assinaram um requerimento, que será apresentado na sessão de amanhã (21) da Câmara Municipal, pedindo ao governador Beto Richa o retorno do escritório da Cohapar (Companha de Habitação do Paraná) para o município.

O escritório em Foz foi fechado recentemente pelo governo do Estado e transferido para Cascavel, sem motivo aparente.

No mesmo documento, os vereadores pedem um projeto habitacional para atender funcionários do Estado que trabalham em Foz.

 

Cruzeiro entre Corrientes e Puerto Iguazú vai custar quase R$ 13 mil

20 de setembro de 2017 | Postado por Vinicius Ferreira

Um pelicano em Galápagos. Foto: Pixabay

No próximo ano, a empresa equatoriana Quasar Expeditions oferecerá passeios pelo Rio Paraná entre as cidades de Corrientes e Puerto Iguazú, com paradas intermediárias, pelo custo de até US$ 4 mil (cerca de R$ 13 mil), o equivalente a US$ 800 a diária.

As informações são dos sites Missiones Online e Click Foz. A empresa já realiza cruzeiros de luxo nas Ilhas Galápagos.

O navio, com capacidade até 30 passageiros, que está sendo comprado na Itália por US$ 5 milhões para ser modernizado na Argentina, realizará viagens de quatro a cinco noites, com paradas intermediárias em pontos turísticos.

A expectativa é que os passageiros possam visitar as Ruínas de San Inácio e tenham contato com a natureza em expedições ao longo do trajeto até as Cataratas do Iguaçu.

Sistema Empresa Fácil, em Foz, emperra justamente quando é a vez da Prefeitura

20 de setembro de 2017 | Postado por Cláudio Dalla Benetta

Este é o site para facilitar a vida do empreendedor. Com um dificultador: a Prefeitura de Foz.

A burocracia para abrir, fechar ou alterar a situação de uma empresa ficou facilitada, no Paraná, com o sistema Empresa Fácil (que, no Brasil, tem o nome genérico de RedeSim). Todos os órgãos envolvidos atuam de forma integrada, via internet, agilizando o processo burocrático.

E a boa notícia é que a Prefeitura de Foz do Iguaçu passou a integrar o Empresa Fácil. Bom, né? Mais ou menos. Porque, na prática, o sistema todo emperra justamente quando é hora de fazer a parte burocrática da Prefeitura.

Um exemplo: o empreendedor acessou o Sistema Fácil e passou, cumprindo os requisitos necessários, pelas Receitas Estadual e Federal, pelo Instituto Ambiental do Paraná, pelo Corpo de Bombeiros… Aí, bastava obter o alvará, que é concedido pela Prefeitura. No exemplo em questão, o empreendedor entrou com o pedido no sistema no dia 12.

E está empacado lá até agora. Solução: foi pessoalmente à Prefeitura. Ali foi informado que, para obter o alvará, deveria proceder pelo sistema antigo. A entrada de Foz do Iguaçu no Empresa Fácil foi pra inglês ver. Ou, na palavra do funcionário, “está em teste”.

Um absurdo!

Endereços irregulares

Leia mais…

Da série “o que Foz ganha com a Ecocataratas?” Nem passarela

20 de setembro de 2017 | Postado por Cláudio Dalla Benetta

Leia mais...

Mais lidas